Aplicação de pre-avaliação da base Scopus

Obrigado por seu interesse em indexar sua revista em Scopus, a maior base de dados de resumos e citações. Para receber gratuitamente um relatório de pré-avaliação de sua revista, por favor, preencha o formulário e responda as perguntas abaixo. Observe que a pré-avaliação do periódico é uma verificação preliminar de critérios técnicos e administrativos para aumentar as chances de o periódico ser incluído em Scopus, e também para evitar um período de embargo de submissão por motivos que possam ser facilmente identificados. O relatório de pré-avaliação positivo não garante uma decisão positiva sobre a inclusão da revista em Scopus. A pré-avaliação também não será responsável pelo resultado final da avaliação completa do periódico realizada pelo Content Selection & Advisory Board (CSAB), um comité 100% independente..
Se sua revista estiver pronta para ser enviada, preencha este formulário https://suggestor.step.scopus.com/suggestTitle/step1.cfm

Os campos marcados com * são obrigatórios

Depois de preencher e responder às perguntas da pesquisa, um link com os resultados comentados será enviado no endereço de e-mail fornecido.

1. A revista tem no mínimo 2 anos de histórico de publicação

Comentário

Para que um periódico seja considerado para Scopus, ele deve ter pelo menos 2 anos. Esse período foi estabelecido tanto porque a maioria das métricas precisa analisar os últimos 2 anos para serem geradas, quanto porque ajuda os avaliadores a ver como a revista se desenvolveu e seu potencial de crescimento. Ser uma revista jovem é até certo ponto uma vantagem porque é possível atualizar todas as mudanças necessárias.

2. A revista tem um título único, que não é idêntico a uma revista já indexada no Scopus

Comentário

Não recomendamos o uso deste título e a submissão de um periódico com título idêntico a um título já indexado em Scopus. Também há implicações éticas, pois os autores podem ser levados a acreditar que estão enviando artigos para um periódico específico, mas na realidade estão enviando artigos para um periódico diferente.

3. A revista publica conteúdos revisados por pares

- Esse processo, bem como quaisquer políticas relacionadas aos procedimentos de revisão por pares da revista, devem estar claramente descritos no site da revista, incluindo o método de revisão por pares utilizado.

- Os sites dos periódicos não devem garantir a aceitação de manuscritos ou revisão por pares muito pequenas.

Comentário

Todos os periódicos devem ter um sistema de revisão por pares.
A revisão por pares é definida como a obtenção de pareceres sobre manuscritos individuais de revisores especialistas no assunto que não fazem parte da equipe editorial da revista. Você pode encontrar mais informações sobre revisão por pares em: http://www.elsevier.com/reviewers/what-is-peer-review.

4. Os títulos, resumos e palavras-chave estão em inglês; os nomes dos autores em alfabeto romano

Comentário

Os títulos dos artigos, resumos, palavras-chave e afiliação dos autores devem estar em inglês e os nomes dos autores em alfabeto romano para todos os artigos da revista. Este é um requisito obrigatório em Scopus.

5. As referências estão (traduzidas/transliteradas) para o alfabeto romano (recomendado, mas não obrigatório)

Comentário

As referências bibliográficas são uma parte importante de uma publicação. Para periódicos de alfabeto não romano que desejam ser indexados em Scopus e almejam maior número de leitores e impacto, é fortemente recomendado que forneçam as referências traduzidas (ou transliteradas) juntamente com as referências em inglês. Observe que as métricas de citação do Scopus são atualmente baseadas em metadados de idioma românico. Outra dica importante para esses periódicos é sempre colocar cite este artigo como em cada artigo para que os pesquisadores usem o mesmo estilo.

6. A revista é publicada regularmente e de acordo com o calendário de publicações, disponível no site da revista.

Comentário

A regularidade da publicação é outro requisito fundamental. A revista deve ter uma data fixa de publicação que deve ser respeitada. Uma solução relativamente fácil é fazer com que a revista publique os manuscritos assim que forem aceitos, como nas grandes editoras. Por exemplo, se um periódico publica dois números por ano, um em maio e outro em outubro, com um número fixo de 15 artigos por número. Os primeiros 15 artigos aceitos serão publicados na edição de outubro e, se houver mais artigos bons o suficiente para serem aceitos, eles aparecerão de acordo com a data da edição de maio do ano seguinte, mas cada artigo será publicado o mais rápido possível, como fazemos na Elsevier e adicionamos as correções finais enquanto o artigo já está online ou diretamente na versão final. Essa opção é benéfica para os autores, pois seu trabalho aparece mais cedo online e pode atrair leitores e citações. É benéfico para a revista porque ajuda a manter uma data de publicação pré-estabelecida. Outra opção de periodicidade é o número fixo de edições por ano (sem limitação estrita do número de artigos).

7. A declaração de ética e más práticas está em inglês e disponível no site da revista

7.1 Editor e Conselho Editorial
- Os periódicos têm conselhos editoriais ou outros órgãos cujos membros são especialistas reconhecidos na área e isso está claramente confirmado
- Os nomes completos e afiliações dos membros, suas funções são fornecidos no site da revista

7.2 Ética de publicação: Um periódico também deve ter políticas sobre ética de publicação. Estas devem estar totalmente visíveis em seu site e devem se referir a:
i) As políticas da revista sobre autoria e contribuição;
ii) Como a revista lidará com reclamações e recursos;
iii) Políticas da revista sobre conflitos de interesse;
iv) Políticas do periódico sobre compartilhamento e reprodutibilidade de dados;
v) A política da revista sobre supervisão ética;
vi) Política da revista em matéria de propriedade intelectual;
vii) Opções de periódicos para discussões e correções pós-publicação

7.3. Processo de identificação e tratamento de reclamações relacionadas com má conduta na pesquisa:
- Editores e redatores tomarão medidas para identificar e impedir a publicação de artigos em que tenha ocorrido má conduta de pesquisa, incluindo, mas não limitado a, plágio, manipulação de citações e falsificação/fabricação de dados.
- Em nenhum caso uma revista ou seus editores encorajarão tal má conduta, nem permitirão conscientemente.
- Caso o(s) editor(es) de uma revista tomem conhecimento de qualquer alegação de má conduta de pesquisa relacionada a um artigo publicado em sua revista, o(s) editor(es) deve(m) seguir as diretrizes do COPE (ou equivalente) para lidar com as acusações.

7.4. As informações sobre direitos autorais e licenciamento estão claramente descritas no site da revista:
- A política de direitos autorais será claramente indicada nas diretrizes para autores e o detentor dos direitos autorais será indicado em todos os artigos publicados.
- As informações de licenciamento serão claramente descritas nas diretrizes do site, e as condições de licença serão indicadas em todos os artigos publicados, tanto em HTML quanto em PDF.
- Se os autores puderem publicar sob uma licença Creative Commons, os requisitos específicos da licença serão indicados.
- Qualquer política de publicação das versões finais aceitas ou artigos publicados em repositórios de terceiros será claramente indicada.

7.5 Taxas para os autores
- Quaisquer taxas ou encargos necessários para o processamento de manuscritos e/ou para a publicação de materiais na revista serão claramente indicados em um local que seja fácil para os potenciais autores encontrarem antes de enviar seus manuscritos para revisão ou explicada aos autores antes de começar a preparar seu manuscrito para submissão.
- Se essas taxas não forem cobradas, também devem ser claramente indicadas.

7.6 Acesso: Indica como a revista e os artigos individuais são disponibilizados aos leitores e se há taxas de assinatura ou pay-per-view associadas.

7.7 Arquivo: O plano da revista para backup eletrônico e retenção do acesso ao conteúdo da revista (por exemplo, acesso aos principais artigos via CLOCKSS ou PubMedCentral) deve ser claramente declarado no caso da revista deixar de ser publicada.

7.8 As informações sobre a propriedade e/ou gerenciamento de um periódico são claramente indicadas no site do periódico (as informações de propriedade não usam nomes de organizações que possam enganar autores e editores em potencial sobre a natureza da propriedade do periódico).

7.9 Os periódicos devem fornecer os nomes completos e afiliações dos editores do periódico no site do periódico, bem como informações de contato do escritório editorial, incluindo um endereço completo.

7.10 Fontes de rendimentos
- Modelos de negócios ou fontes de renda (por exemplo, taxas de autor, assinaturas, publicidade, reimpressões, apoio institucional e apoio organizacional) devem ser claramente declarados ou tornados aparentes no site da revista.
- Taxas de publicação ou status de isenção não devem influenciar a tomada de decisão editorial.

7.11 Publicidade
- Os periódicos devem declarar sua política de publicidade, se relevante, incluindo os tipos de anúncios a serem considerados, quem toma decisões sobre a aceitação do anúncio e se eles estão vinculados ao conteúdo ou comportamento do leitor (somente online) ou são exibidos aleatoriamente.
- Os anúncios não devem estar relacionados de forma alguma com a tomada de decisões editoriais e devem ser mantidos separados do conteúdo publicado.

7.12 Marketing direto
- Qualquer atividade de marketing direto, incluindo a solicitação de manuscritos que seja realizada em nome da revista, deve ser adequada, bem direcionada e discreta.
- Espera-se que as informações fornecidas sobre a editora ou a revista sejam verdadeiras e não induzam ao erro os leitores ou autores.

Comentário

A declaração de ética e más práticas a é um requisito obrigatório e nenhuma revista é indexada sem ela. Levamos isso muito a sério e esperamos que nossos parceiros cumpram os mesmos padrões elevados. Um guia conciso pode ser encontrado no site do COPE em: https://publicationethics.org/resources/guidelines-new/principles-transparency-and-best-practice-scholarly-publishing. Observe que tal guia não deve ser copiado como tal, mas deve ser usado para fazer uma declaração personalizada que é preferencialmente exibida em uma guia separada no site da revista. Esta declaração deve indicar claramente o alcance das responsabilidades e direitos dos editores, revisores e autores, bem como descrever as consequências que podem ser extraídas se forem detectadas más condutas. Além disso, a declaração de ética e más práticas é diferente do acordo de direitos autorais e das instruções para autores ou revisores.

8. A revista possui ISSN e/ou e-ISSN/ISSN-L, confirmado pelo ISSN International Center e está visível



Comentário

Uma publicação independente é definida por um ISSN. Existem ISSNs específicos que são emitidos dependendo do meio de publicação (impresso, eletrônico, CD-ROM). Ao se registrar para um ISSN, inclua todos os nomes, abreviaturas e o nome traduzido do periódico; caso contrário, bases de dados bibliográficas, como Scopus, não poderão agregar corretamente todas as citações recebidas. O ISSN pode ser obtido no centro ISSN https://www.issn.org/.

9. A revista tem um site dedicado em inglês (sozinho ou além do site no idioma local)

Comentário

Todos as revistas devem ter um site em inglês para serem consideradas para avaliação. Também é importante para autores internacionais que desejam enviar seus manuscritos para publicação, se o periódico for aceito para indexação Scopus. A Scopus é uma base de dados internacional e atende a periódicos que desejam e estão abertos a um público internacional, por isso todas as informações sobre o funcionamento da revista, conselho editorial, temas aceitos, guia para autores, declaração de ética (demonstrando que foi tomado cuidado para garantir altos padrões éticos e profissionais), e carta de direitos autorais devem ser em inglês.

10. As instruções para os autores (Guia do Autor) estão disponíveis em inglês no site da revista

Comentário

É importante ter um conjunto claro de instruções para os autores (em inglês) sobre como formatar seu artigo, como as imagens devem ser formatadas, como devem escrever a bibliografia, etc. Isso facilita o trabalho da equipe editorial porque eles não precisam gastar tempo extra formatando documentos de uma determinada maneira, e também ajuda o autor a entender o que se espera dele.

11. Os objetivos e escopo estão disponíveis em inglês e são apresentados no site da revista

Comentário

A revista deve ter uma seção clara e concisa de “Objetivos e Escopo” no site explicando quais são as expectativas da revista, quem pode publicar e quais tópicos são aceitos. A revista não deve aceitar artigos que estejam fora de seus objetivos e escopo.

12. Diversidade Geográfica:

12.1 dos editores - se encaixam no propósito e escopo da revista

12.2 dos Autores - concorda com o propósito e escopo da revista

Comentário

A avaliação leva em consideração a diversidade de países de autores e editores. É importante que a afiliação e o país dos autores da revista sejam apresentados em inglês. Verifique a diversidade geográfica de autores em outros periódicos, semelhantes ao seu por tema, mas já indexados em Scopus. A diversidade geográfica dos autores deve corresponder aos objetivos e escopo declarados. Também é aplicável à diversidade de editores. A falta de afiliações e países de origem dos editores torna difícil para a equipe Scopus avaliar o conselho editorial. Inclua essas informações na lista de editores. Verifique a diversidade geográfica de editores em outros periódicos, semelhantes ao seu tema, mas já indexados em Scopus.

13. Artigos da revista já foram citados por outras revistas indexadas emScopus



Comentário

Outro ponto importante é a visibilidade internacional já adquirida, que se mede em parte pelas citações recebidas dos periódicos que já indexamos. Um número baixo de artigos publicados pela revista recebeu citações de revistas indexadas na Scopus - pode ser considerado normal para uma revista jovem, mas à medida que cresce e surgem mais edições, o número de citações deve ser maior. Você pode verificar essas informações, se tiver acesso ao Scopus, usando o recurso de pesquisa avançada no Scopus. Selecione REFSRCTITLE e coloque a variante do nome do diário entre aspas. Sua consulta de pesquisa deve ter esta aparência: REFSRCTITLE(nome do periódico). Quando a lista de resultados da pesquisa estiver visível, clique em visualizar documentos secundários acima dos resultados da pesquisa e use os filtros à esquerda para limitar os resultados a serem exibidos, apenas correspondências exatas do título da revista. Ideias para melhorar a visibilidade da revista:

14. Os membros do conselho editorial da revista são especialistas no assunto da revista.

Comentário

É importante que os editores da revista sejam especialistas na área temática da revista. Você pode verificar a autoridade dos editores em Scopus (independentemente da assinatura). Em www.scopus.com você pode usar a busca de autor para encontrar o perfil Scopus da editora. Os resultados, citações e áreas temáticas no perfil do editor devem demonstrar a autoridade de pesquisa do editor na área temática da revista.

15. A revista possui DOI (recomendado, mas não obrigatório)

Comentário

O DOI (Digital Object Identifier) é um elemento importante para a indexação, pois ajuda a revista e seus artigos a serem facilmente pesquisáveis e auxilia na correta vinculação.
Você pode controlar quando e onde um de seus artigos é mencionado online se a revista tiver um DOI.

16. Qualidade de conteúdo

16.1 A revista publica consistentemente artigos que são cientificamente válidos e relevantes para um público acadêmico ou profissional internacional neste campo.

16.2 O conteúdo dos artigos é consistente com o escopo e os objetivos declarados da revista e é sempre de alta qualidade acadêmica

16.3 As tabelas e figuras nos artigos são claras e bem configuradas no conteúdo do artigo (não são simplesmente copiadas e coladas do Excel)

16.4 A linguagem e a gramática dos artigos são boas. O conteúdo dos artigos é estruturado logicamente, de fácil leitura e compreensão.

16.5 Os resumos são claros, fáceis de ler e fornecem um excelente resumo completo do artigo em tamanho suficiente.

Comentário

Conteúdo consistente, claro e de fácil leitura, com boa linguagem e gramática - esses são os principais indicadores da qualidade da revista e da reputação da revista, de seu corpo editorial e da editora. O conteúdo dos artigos determina se eles serão lidos e citados.O título do artigo, resumo e palavras-chave são facilmente indexados pelos motores de busca. É muito importante que essas seções sejam claras e compreensíveis, em bom inglês e consistentes com o conteúdo do artigo e o tema da revista.
A avaliação do conteúdo dos artigos tem impacto significativo na avaliação da revista para sua indexação em Scopus
Se sua revista estiver pronta para ser enviada, preencha este formulário https://suggestor.step.scopus.com/suggestTitle/step1.cfm

Links adicionais:

Scopus Content Policy and Selection http://www.elsevier.com/solutions/scopus/content/content-policy-and-selection
Scopus Content Selection and Advisory Board https://www.elsevier.com/solutions/scopus/how-scopus-works/content/scopus-content-selection-and-advisory-board